CVM envia hoje pedido de esclarecimentos à AES E ao BNDES

Comissão de Valores Mobiliários (CVM) reiterou que enviará hoje documentação à AES, controladora da Eletropaulo, e ao BNDES, pedindo maiores informações para averiguar se houve vazamento de informações antes do anúncio de acordo entre as duas empresas, na segunda-feira, para solucionar embate sobre dívida de R$ 4,1 bilhões da AES junto ao banco estatal. A CVM classifica o ato como procedimento de rotina, e informa que não há prazo para término. A autarquia justificou a decisão ao informar que a movimentação fora do normal das ações da Eletropaulo, entre o período de 15 de agosto e 5 de setembro, chamou atenção da CVM. O órgão informa que o procedimento é semelhante ao que ocorreu com as ações da Petrobras, em março, quando a movimentação das ações da estatal antes do anúncio oficial sobre descoberta de um campo em Sergipe (PE) atingiu movimentação anormal.

Agencia Estado,

11 de setembro de 2003 | 11h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.