Fabio Motta/Estadao
Fabio Motta/Estadao

CVM permite alteração de gestor de fundo diretamente em sistema

De acordo com superintendente da CVM, 'essa nova possibilidade é um passo importante no aperfeiçoamento do sistema', e a medida significa uma redução de custos

Renata Batista, O Estado de S.Paulo

08 Junho 2018 | 18h04

RIO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou nesta sexta-feira, 8, que as alterações de administrador dos fundos de investimento registrados deverão ser efetuadas diretamente pelo Sistema de Gestão de Fundos Estruturados (SGF).

+ CVM condena família que movimentou R$ 24 milhões irregularmente

A nova funcionalidade foi divulgada pelo Ofício Circular CVM/SIN/n°6/2018. O administrador antigo deve disponibilizar o fundo estruturado ao novo gestor para que este possa aceitar e concluir a transferência.

+ Conselheiro da Engie no colegiado da Eletrobrás pode prejudicar privatização

Na operação, deve incluir odos os atos relacionados, tais como a ata da assembleia que deliberou e indicou a data da transferência e a nova versão do Regulamento em que conste o novo administrador como responsável pelo Fundo. Antes, porém, os atos deverão ser divulgados no CVMWeb.

+ CVM pode punir empresa que não divulga remuneração de executivos

De acordo com superintendente da Superintendência de Relação com Investidores Institucionais (SIN), Daniel Maeda, a supervisão da operação será feita pela SIN, com critérios baseados em risco.

“Essa nova possibilidade é um passo importante no aperfeiçoamento do SGF. Dentro em breve, todas as funcionalidades previstas no CVMWeb para os fundos 555/14 estarão implementadas. Tal medida está alinhada com a preocupação da CVM na redução de custos de observância do mercado”, afirmou Maeda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.