CVM registrou a marca inédita de R$ 25 bi em debêntures este ano

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) já aprovou este ano uma emissão recorde de R$ 25,069 bilhões em debêntures - Título de renda fixa emitido por sociedade anônima para tomar empréstimo no mercado. Seu lançamento pode ser público ou particular. O valor, que corresponde a 41 ofertas registradas pela autarquia, já é quase o triplo do montante captado em 2004, quando foram aprovados R$ 9,614 bilhões. Ainda estão em análise pelo órgão outras 11 ofertas, que irão somar R$ 12,494 bilhões. O superintendente de Registro da CVM, Carlos Alberto Rebello, pondera que a dúvida hoje é saber se o patamar de emissões de debêntures mudou ou se boa parte dessas operações reflete a intenção das empresas em antecipar captações que precisaram ser realizadas em 2006, ano de eleições presidenciais. Tradicionalmente, a liquidez (facilidade de negócios) do mercado financeiro diminui em períodos pré-eleitorais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.