Dados do PIB confirmam crescimento equilibrado, diz Mantega

Os números do Produto Interno Bruto(PIB) do segundo trimestre indicam que a economia estácrescendo de "forma robusta e equilibrada", sem pressõesinflacionárias, afirmou o ministro da Fazenda, Guido Mantega,nesta quarta-feira. "É um crescimento robusto, não é exagerado, não há esseaquecimento exagerado da demanda que estão dizendo", afirmouMantega a jornalistas ao chegar ao ministério. Para o ministro, o dado "mais interessante" divulgado peloInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nestamanhã é o de crescimento da Formação Bruta de Capital Fixo, umindicador de investimento. Segundo Mantega, os dados confirmam previsão do governo deque a formação bruta de capital crescerá 10 por cento no ano. "Se tivermos PIB de 5 por cento, investimento de 10 porcento, nós teremos um crescimento equilibrado com aumento daoferta", disse Mantega, destacando que o consumo está sendoatendido "pela expansão da indústria, do aumento da oferta e oaumento dos investimentos." O PIB brasileiro cresceu 0,8 por cento no segundo trimestrefrente aos três primeiros meses do ano e teve expansão de 5,4por cento ante o mesmo período de 2006, segundo dadosdivulgados pelo IBGE. (Por Isabel Versiani)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.