Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Dados dos EUA e queda do petróleo impulsionam bolsas européias

As ações européias fecharam em altanesta quinta-feira, estimuladas pelos ganhos de açõesfinanceiras, à medida que o crescimento surpreendente dosEstados Unidos no segundo trimestre e a queda dos pedidos deauxílio-desemprego despertaram otimismo sobre a economia. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300subiu 1,44 por cento, para 1.190 pontos, tendo caído 0,7 porcento mais cedo. Um declínio nos preços do petróleo, após ganhos acentuadosno início da sessão, também ajudou a impulsionar a confiança domercado. As ações do Credit Agricole avançaram 8,9 por cento,enquanto as do BNP Paribas e do Societe Generale subiram maisde 4 por cento. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,32por cento, a 5.601 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 1,57 por cento, para6.420 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 2,02 por cento, para 4.461pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 2,03 porcento, a 22.086 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou avanço de 1,59 porcento, para 11.662 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve alta de 1,13 por cento, para8.555 pontos.

REUTERS

28 de agosto de 2008 | 13h20

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.