DaimlerChrysler anuncia contratações na fábrica de São Bernardo

A DaimlerChrysler do Brasil vai ampliar o seu contingente de trabalhadores na fábrica de São Bernardo do Campo, onde são produzidos caminhões e ônibus da marca Mercedes-Benz. O anúncio de novas contratações será feito pelo presidente da empresa, Gero Herrmann, durante audiência com o governador Geraldo Alckmin, às 14h desta segunda-feira, no Palácio dos Bandeirantes.Segundo a assessoria de Comunicação Corporativa da DaimlerChrysler, Herrmann estará acompanhado do vice-presidente de Recursos Humanos, Jurídico e Relações Institucionais, Jackson Schneider.Números da empresaHerrmann previu esta semana, no Salão do Automóvel, que as vendas de caminhões vão continuar em alta em 2005, mantendo a tendência deste ano em que a DaimlerChrysler terá produção recorde no Brasil de 50 mil caminhões e ônibus (para o mercado interno e exportação) , 35% a mais do que em 2003. De janeiro a setembro, a DaimlerChrysler comercializou 19,3 mil caminhões, 17,8% a mais do que no mesmo período em 2003.As vendas totais de caminhões no Brasil este ano já bateram a marca de 50 mil unidades e foram 26,5% maiores do que no ano anterior. A Mercedes, líder histórica no mercado brasileiro de veículos comerciais, tem agora a Volkswagen no seu encalço.Segundo a Fenabrave (federação das concessionárias), a Mercedes-Benz liderou o mercado em setembro, com 30,53% de participação, seguida de perto pela Volkswagen (28,75%). Herrmann declara que a Mercedes está atualmente mais preocupada com o volume de vendas do que com participação de mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.