DaimlerChrysler fará recall da Cherokee

A DaimlerChrysler vai anunciar nos próximos dias um novo recall para modelos importados pela Chrysler do Brasil. Dessa vez estão envolvidos os jipes Cherokee modelos 97 a 99 para conserto do módulo do controle do airbag, que pode ser ativado sem necessidade. A empresa ainda não divulgou quando começará a convocação. O recall envolve, em vários países, 474 mil Cherokee produzidos nos Estados Unidos e na Argentina - de onde vieram as unidades vendidas no Brasil. No fim do mês passado a empresa já havia anunciado que chamará de volta às concessionárias 1.400 proprietários da Caravan e da Grand Caravan importadas entre 96 e 99, além de algumas unidades trazidas neste ano. Nesse caso, estão envolvidos 1,4 milhão de veículos em todo o mundo e, num prazo de três a quatro meses começará a ser feita a troca do vedador do sistema de distribuição de combustível para os bicos injetores. A assessoria de imprensa do grupo no Brasil informou que, no caso do Cherokee, foram registrados cinco casos em que o airbag foi ativado. Não houve acidentes em nenhum deles. A empresa informou que fará o recall preventivamente. O motivo da ativação do sistema seria provocado pela corrosão do dispositivo quando em contato com água salina. Nos EUA, onde circulam grande parte dos jipes, é comum o uso de sal para derreter a neve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.