DaimlerChrysler informa queda nos lucros em 2000

A DaimlerChrysler, quinta maior fabricante de automóveis do mundo, informou queda de 49% em seu lucro operacional de 2000, ajustado a itens extraordinários, em conseqüência de fortes perdas registradas em sua divisão norte-americana Chrysler. O anúncio surpreendeu o mercado, que não esperava pela divulgação do balanço nesta 4ªF. "Decidimos antecipar a informação porque o conselho confirmou ontem os detalhes financeiros e queremos manter o mercado atualizado", disse Thomas Froehlich, porta-voz da companhia à CNN. De acordo com a empresa, o lucro operacional ajustado a itens extraordinários caiu para 5,2 bi de euros (US$ 4,8 bi) no ano passado, de 11 bi de euros registrados em 1999. As receitas da companhia cresceram 8%, para 162,4 bi de euros em 2000. O lucro líquido subiu 37%, para 7,9 bi de euros, incluindo receitas com a venda de alguns de seus negócios, como a joint venture de serviços de tecnologia de informação com a Deutsche Telekom. Ajustado a itens extraordinários, o lucro líquido da empresa em 2000 caiu 44%, para 3,5 bi de euros. Mais detalhes financeiros devem ser divulgados em 26 de fevereiro, quando a DamilerChrysler publica os números completos de seu plano de reestruturação nos EUA. As informações são da CNN.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.