Conteúdo Estadão Blue Studio

Das livrarias ao streaming, confira conteúdos sobre investimentos

Especialistas indicam sites, livros, filmes e cursos para se manter atualizado sobre o mercado financeiro

Estadão Blue Studio, O Estado de S.Paulo

24 de outubro de 2021 | 07h30

Se você quer obter sucesso com as finanças, saiba que o conhecimento é um dos seus principais aliados. “O mercado financeiro está em constante mudança e, por isso, é fundamental manter-se atualizado”, afirma Eduardo Mira, analista CNPI e especialista em renda variável da Me Poupe!, primeira plataforma de entretenimento financeiro do mundo e que oferece conteúdos gratuitos sobre educação financeira.

Em meio ao excesso de informações disponíveis na internet, é importante saber onde encontrar conteúdos de qualidade. Para te ajudar nessa, o especialista cita três sites sobre mercado financeiro. O primeiro é o Investing.com, que é uma plataforma internacional disponível em vários idiomas. “O investidor consegue acompanhar em tempo real as oscilações e atualizações das Bolsas já conhecidas, e também tem acesso a informações sobre commodities, criptomoedas, títulos, entre outros.”

Curte visualizar gráficos? Então uma boa opção pode ser o Trending View. “Essa plataforma conta com dados de corretoras, mercados, criptoativos, entre outros.”

Além dos sites informativos, livros são ótimas fontes de conhecimento. Frederico Ilenburg, economista e assessor de investimentos da Ethimos Investimentos, destaca três leituras que, para ele, são fundamentais. A primeira é O Andar do Bêbado, do físico estadunidense Leonard Mlodinow. O exemplar custa R$ 28,73 em sua versão impressa e

R$ 22,98 para o Kindle.

Sabe quando sai uma notícia sobre uma determinada empresa e logo em seguida as ações na Bolsa caem ou sobem? É comum associar essa movimentação a um fato exclusivo, mas não necessariamente é esse o motivo. “Essa confusão entre correlação e causalidade é um negócio meio nebuloso, principalmente para quem está começando a investir. Então esse livro é uma forma legal de entender como essas duas coisas se relacionam.”

A segunda indicação é Antifrágil, escrito pelo estatístico líbano-americano Nassim Nicholas Taleb (R$ 70,80, físico e R$ 39,90, digital). “A leitura provoca o investidor a olhar para a carteira de investimentos de uma outra forma e buscar algumas alocações que sejam pautadas no controle de risco.” E o último indicado é Mastering the Market Cycle, do investidor americano Howard Marks (R$ 82,35, físico e R$ 43,70, digital). “Esse livro vai mostrar um pouco mais de como funciona a ciclicidade da economia e também dos mercados de investimento, fugindo um pouco do beabá e provocando mais o pensamento.”

No audiovisual, também existem boas produções sobre o tema e uma boa pedida é o filme Wall Street — Poder e Cobiça (1987). “Ele marca pela forma como retrata o sanguinário mercado financeiro no início dos anos 80. Em um mundo ainda bem longe do ESG, Gordon Gekko, interpretado por Michael Douglas, virou um ícone de uma geração com seu discurso ‘Greed is good’”, indica Leonardo Pontes, analista da Monett, serviço de streaming voltado para o mercado financeiro e que conta com produções autorais.

Para Luiz Cesta, responsável pela área de análise da Monett, a série Billions (2016) vale ser vista. “Sem dúvida é uma das séries preferidas de ficção e de maior sucesso sobre o mercado financeiro. As intrigas, estratégias e alianças que são formadas para o desenvolvimento dos negócios trazem bastante dinamismo à trama, embora sejam muitas vezes fantasiosas.”

Se quiser ficar por dentro das moedas digitais, o documentário The Rise and Rise of Bitcoin (2016) é a indicação de Helena Margarido, analista de criptomoedas da Monett. “É um filme obrigatório para se entender um pouco mais sobre o mercado de cripto e sobre os desafios encontrados por aqueles que se aventuraram primeiro nesse mundo.”

Indo além dos conteúdos de entretenimento, os investidores também podem estudar através de cursos que são oferecidos na internet. “É essencial que o investidor brasileiro se aprofunde no mercado financeiro para que possa fazer escolhas de maneira consciente, responsável e sempre levando em consideração seu perfil e seus objetivos”, afirma Christianne Bariquelli, superintendente de Educação da B3.

A Bolsa brasileira possui um hub com conteúdos educacionais que respondem às principais dúvidas das pessoas que já investem ou gostariam de começar. Para os iniciantes no mundo dos investimentos, a executiva indica os cursos Como Organizar suas Finanças, Investimentos Além da Poupança com Teco Medina e Investi na Bolsa, e Agora?.

Conteúdo produzido pelo estadão blue studio, a área de conteúdo customizado do estadão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.