coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

De carro novo, mas endividado

Aposentado faz 'bico' para pagar as contas

O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2013 | 02h06

Atraído pelas facilidades de crédito, o metalúrgico aposentado da Volks, Otto Ricardo Brauer, de 56 anos, divorciado e pai de dois filhos, foi às compras nos últimos meses e se endividou demais. Agora está no limite da sua capacidade de consumo e está fazendo bicos como pedreiro para complementar a renda e equilibrar o orçamento.

Depois de adquirir uma TV de 42 polegadas e um computador, entre outros bens duráveis, no começo deste ano, ele decidiu comprar um segundo carro, mais luxuoso. Já tinha um Fox, mas aproveitou uma promoção da GM e comprou um Cobalt por R$ 47 mil, parcelado em 36 prestações de R$ 1,8 mil, cujo pagamento divide com a namorada.

Mas, junto com o carro novo, vieram despesas extras, como o IPVA e seguro, mais caros do que o do Fox. Com o orçamento comprometido com o carro mais possante e confortável, ele cortou até as viagens.

Em 2009, Brauer tirou 30 dias de férias, foi de Fox para Alagoas e Rio Grande do Norte. No mês passado, porém, deixou de fazer uma viagem mais curta, para Nova Friburgo (RJ) num encontro de família. "Estou apertado e numa viagem a gente sempre acaba gastando alguma coisa."

Brauer diz que não está inadimplente e toma muito cuidado para não cair na lista dos devedores. Além de reduzir gastos, e de obter renda extra, o metalúrgico aposentado planeja com cuidado novas despesas. Pretende fazer tratamento dentário, mas só quando tiver alguma folga no orçamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.