Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Debênture atrai pequeno aplicador

Com Selic em queda, papéis emitidos por empresas despertam interesse de quem busca retorno acima do CDI

Yolanda Fordelone, O Estadao de S.Paulo

18 de maio de 2009 | 00h00

Queda da taxa Selic. Proposta de tributação na poupança. Tudo aponta para menor rentabilidade nas aplicações em renda fixa. Nesse cenário, as debêntures surgem como oportunidade de investimento, inclusive para aplicadores de pequeno e médio porte. Vendidos nos últimos meses por empresas como Bradespar, Oi e Tractebel, esses papéis tiveram grande aceitação, com rentabilidade na casa de 115% a 125% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI).Quem não participou das recentes ofertas públicas de debêntures da Telemar Norte Leste (Oi) e da geradora de energia Tractebel pode adquiri-las no mercado de renda fixa da Bolsa de Valores de São Paulo, o Bovespa Fix. "O investidor não conseguirá mais comprar com a mesma rentabilidade da oferta inicial. Mas, ainda assim, o retorno é bom", opina o professor do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), Alexandre Chaia.Quem se dispuser a reservar parte de seus recursos para investir nesses papéis deve estar atento à liquidez: nem sempre é fácil revendê-los, caso o investidor decida sair da aplicação antes do vencimento. "Ao comprar, o investidor paga valor maior do que o de mercado para achar um vendedor. Para vender, é necessário baixar o preço para fechar o negócio logo", diz o gerente da mesa para pessoa física da corretora Link, Maurício Gallego. Nos CDBs, investimentos mínimos de R$ 100 mil obtêm retornos de até 104% do CDI, inferiores aos de debêntures acessíveis a pequenos investidores, que disponham de R$ 10 mil (oferta da Tractebel) ou mesmo R$ 1.000,00 (caso da Oi). A diferença de rentabilidade ante o CDB costuma ser atribuída ao risco, considerado maior nas debêntures - papéis que normalmente não envolvem garantias reais no caso de quebra ou insolvência da empresa. As ressalvas não reduziram o interesse do produtor musical Eduardo Arantes. "Comecei a me informar e decidi aplicar neste ano: comprei três papéis da Oi", diz ele, que até então se restringia à poupança e previdência privada.ENTENDADebêntures - Títulos de renda fixa emitidos por empresas para obter recursos de médio ou longo prazo. Na prática, é como se o investidor emprestasse dinheiro para a empresa.CDI - Operações de crédito realizadas entre bancos, cuja taxa de juros serve como parâmetro para aplicações em fundos de investimento, como os DI, e Certificados de Depósito Bancário (CDBs).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.