Decisão do Fed foi apropriada, diz Suga

O chefe de gabinete e porta-voz do governo do Japão, Yoshihide Suga, afirmou que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) agiu de maneira apropriada ao iniciar a redução do programa de estímulos.

MARCELO RIBEIRO SILVA, Agencia Estado

19 de dezembro de 2013 | 04h33

De acordo com Suga, a decisão foi coerente com os indicadores norte-americanos, como o emprego e o consumo, que indicam que a economia do país está se recuperando. O porta-voz do governo japonês não quis comentar sobre a reação do mercado e não confirmou se estaria preocupado com um enfraquecimento mais expressivo do iene frente ao dólar.

Após o anúncio do Fed, o dólar chegou a operar a 104,37 ienes, o seu nível mais forte desde outubro de 2008.

Mais cedo, o Fed anunciou que o programa de compra mensal de ativos passaria de US$ 85 bilhões para US$ 75 bilhões a partir de janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
japãosugafeddecisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.