finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Decisão do TST equipara salário de brasileiro ao de colega estrangeiro

Um empregado brasileiro conquistou na Justiça do Trabalho o direito de ganhar o mesmo que um colega estrangeiro, que recebia remuneração maior. Os ministros da 5ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) basearam a decisão na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Essa legislação estabelece que não pode haver diferença de remuneração por causa da nacionalidade. O autor da ação foi chefe do departamento de contabilidade na empresa Ferteco Mineração, de Minas Gerais, e o colega estrangeiro exercia função análoga na companhia.

Agencia Estado,

21 de fevereiro de 2005 | 19h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.