Decisão sobre juros nos EUA paralisa o mercado

Os mercados financeiros brasileiro e internacional iniciaram a semana com poucos negócios à espera da reunião de quarta-feira do Banco Central dos Estados Unidos, quando será definida a nova taxa de juros. A aposta é de um aumento de 1% para 1,25% ao ano. Em Wall Street, o Dow Jones fechou em baixa de 0,14% e o Nasdaq caiu 0,28%. A bolsa de São Paulo encerrou pregão em queda de 1,92%, em 20.350 pontos, com giro de R$ 910,814 milhões.No mercado de câmbio, o dólar foi pressionado pelo fluxo negativo e o fator técnico das rolagens de contratos futuros na BM&F e de formação da taxa média desta quarta-feira. A moeda norte-americana caiu subiu 0,58%, a R$ 3,129. O C-Bond fechou em queda de 0,28%, a 90,50 centavos de dólar. A taxa de risco Brasil subiu 6 pontos para 666 pontos base. Já no mercado de juros futuros, as taxas fecharam em ligeira alta. Na BM&F, os DIs de janeiro subiram para 16,78%, de 16,69% na sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.