finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Decisões mais duras podem ser necessárias, diz Bush

Em entrevista após reunião com Paulson, presidente diz que salvaguardar o sistema é 1º passo contra a crise

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

24 de novembro de 2008 | 13h38

O presidente norte-americano, George W. Bush, afirmou nesta segunda-feira, 24, que salvaguardar o sistema financeiro é o primeiro passo para que o país se recupere da crise mundial. Ele alertou, porém, que para proteger o sistema, decisões mais duras podem ser necessárias, e que está preparado para tomá-las.  Veja também:De olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise  Bush, que falou a repórteres fora do prédio do Tesouro, após encontro com o secretário, Henry Paulson, afirmou ter conversado com o presidente eleito Barack Obama sobre a decisão de resgatar o Citigroup e continuará mantendo Obama informado sobre as ações do governo. "Esta é uma situação dura para América, mas vamos nos recuperar", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.