Decreto define o que é cachaça e caipirinha

A cachaça ganhou nesta sexta-feira uma definição oficial para deixar claro para o mercado internacional a diferença em relação ao rum. Um decreto publicado no Diário Oficial esclarece que cachaça é a denominação típica e exclusiva da aguardente de cana produzida no Brasil, com graduação alcoólica de 38% a 48% em volume, a 20º celsius, obtida pela destilação do mosto fermentado de cana-de-açúcar com características sensoriais pecualiares, podendo ser adicionada de açúcares até seis gramas por litro, expressos em sacarose.Já o rum é definido como bebida com a graduação alcoólica de 35% a 54% em volume, a 20º Celsius, obtida do destilado alcoólico simples de melaço, ou da mistura dos destilados de caldo de cana-de-açúcar e de melaço, envelhecido, total ou parcialmente em recipiente de carvalho ou madeira equivalente, conservando suas características sensoriais peculiares.?Com a diferenciação, queremos que a cachaça seja rotulada de rum brasileiro quando chega ao exterior?, disse a gerente do Programa Brasileiro de Desenvolvimento da Cachaça (PBDC), Maria José Miranda. Hoje, quando vendida no exterior, a cachaça é classificada como rum. "Queremos que ao tomar uma cachaça, as pessoas saibam que essa é uma bebida tipicamente brasileira?, disse.O decreto publicado hoje também define a caipirinha, como bebida típica brasileira, com graduação alcoólica de 15% a 36% em volume, a 20º celsius, obtida exclusivamente com cachaça, acrescida de limão e açúcar. ?Queremos evitar a pirataria. No mercado interno, o objetivo é regulamentar a venda de bebidas alcoólicas definidas como caipirinha?, afirmou o diretor do departamento de defesa e inspeção vegetal do Ministério daAgricultura, Ricardo Cavalcanti. Ele estimou que o Brasil produz anualmente 1,3 bilhão de litros de cachaça. Desse total, cerca de 2% vão para o mercado externo. O decreto define também o que é aguardente de melaço, de cereal, de vegetal e de rapadura ou melaço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.