Déficit comercial americano chega ao recorde de US$ 41,27 bi

O déficit comercial norte-americano ampliou-se em setembro para o nível recorde de US$ 41,27 bilhões, de US$ 39,52 bilhões em agosto, informou o Departamento do Comércio. O dado de agosto foi revisado de estimativa anterior de US$ 39,2 bilhões. O déficit superou as previsões dos analistas de US$ 40,5 bilhões. As importações cresceram 3,34% e atingiram recorde de US$ 127,43 bilhões. As exportações subiram 2,8% para US$ 86,16 bilhões em setembro, maior patamar desde maio de 2001. O déficit comercial com a China avançou para US$ 12,69 bilhões em setembro, de US$ 11,70 bilhões em agosto. O déficit dos EUA com o Japão subiu a US$ 5,134 bilhões em setembro, de US$ 4,841 bilhões em agosto. O déficit comercial com a União Européia foi a US$ 8,07 bilhões, de US$ 6,557 bilhões em agosto. O déficit comercial com o Brasil recuou para US$ 566 milhões em setembro, de US$ 584 milhões em agosto. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.