Déficit comercial da Austrália cai para US$ 2,55 bi

O déficit comercial da Austrália recuou para 2,7 bilhões de dólares australianos (US$ 2,55 bilhões) em março, ante um déficit revisado de 3,3 bilhões de dólares australianos em fevereiro, ajudado pelo crescimento das exportações de carvão. Os dados foram divulgados hoje pelo Escritório de Estatísticas australiano.As importações subiram 1% e as exportações caíram 4% no período. Os analistas esperavam um déficit de 2,9 bilhões de dólares australianos.As exportações de carvão saltaram 23%, à medida que as mineradoras em Queensland drenaram minas inundadas e repararam ferrovias severamente atingidas por tempestades no início do ano.Os analistas esperam que o crescimento das exportações continue nos próximos meses, após a alta de 10% dos preços das commodities, de acordo com o índice de preços de commodities do Reserve Bank of Austrália (RBA, o banco central do país).As mineradoras australianas negociaram um grande aumento dos preços do minério de ferro e do carvão com compradores asiáticos no final do primeiro trimestre, o que levará a uma melhora da balança comercial neste ano.Com o avanço dos esforços para impulsionar a capacidade portuária no país, a antecipação do crescimento de longo prazo poderia estar próxima. "A balança comercial poderia registrar um superávit nos próximos meses", disse o economista-chefe do Macquarie Bank, Brian Redican. As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.