carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Déficit comercial dos EUA cai para US$ 42,09 bilhões

O maior crescimento em quatro anos das exportações norte-americanas em fevereiro contribuiu para enxugar o déficit comercial dos Estados Unidos. O Ministério do Comércio informou que o déficit do país caiu para US$ 42,09 bilhões em fevereiro, do nível revisado de US$ 43,46 bilhões, em janeiro. A estimativa inicial do déficit de janeiro era US$ 43,1 bilhões. Os números de fevereiro ficaram levemente abaixo do esperado pelos economistas. A previsão média de 17 economistas consultados pela Dow Jones Newswires-CNBC era de déficit de US$ 42,60 bilhões. O enxugamente deveu-se, principalmente, ao crescimento de 4%, para US$ 92,37 bilhões, das exportações norte-americanas. O crescimento das vendas externas foi o maior desde outubro de 1996, com o aumento atingindo vários setores. As importações cresceram 1,6%, para US$ 134,45 bilhões. Com o Brasil O Ministério do Comércio dos Estados Unidos informou que o país teve um superávit de US$ 84 milhões nas transações comerciais com o Brasil, em fevereiro, revertendo parte do déficit de US$ 357 milhões de janeiro. Os dados de comércio bilateral não são ajustados. Com a China, os EUA registram déficit de US$ 8,28 bilhões, inferior aos US$ 11,47 bilhões de janeiro. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

14 de abril de 2004 | 10h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.