Déficit da conta de viagens é recorde em agosto e no acumulado do ano

Saldo negativo somou US$ 813 milhões no mês passado e US$ 6 bilhões nos oito primeiros meses do ano

Fabio Graner e Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

21 de setembro de 2010 | 13h18

O rombo gerado pela conta de viagens internacionais somou US$ 813 milhões no mês passado, o pior mês de agosto da série histórica. No acumulado em oito meses - de janeiro a agosto - o saldo negativo ficou em US$ 6,021 bilhões, também pior para o período da série histórica.

Setembro caminha na mesma direção: o déficit com viagens já soma US$ 719 milhões no mês, conforme dados preliminares atualizados até hoje pelo Banco Central. Faltando ainda mais de uma semana para o fim do mês, o saldo negativo do mês já é maior que o verificado em todos outros meses de setembro da série histórica iniciada em 1947. Até agora, o pior setembro da história era o de 2008, quando o rombo de viagens somou US$ 658 milhões. No ano passado, em 2009, setembro teve déficit de US$ 652 milhões.

Altamir divulgou ainda dados preliminares sobre o pagamento de serviços em setembro. No mês até o dia 21, o pagamento de aluguel de equipamentos somou US$ 572 milhões. Nos serviços financeiros, o déficit do mês é de US$ 49 milhões e, em computação e informações, o saldo negativo soma US$ 139 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.