finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Déficit da Previdência cai 0,5% no acumulado do ano

Saldo negativo até outubro é de R$ 38,985 bilhões, com arrecadação acumulada em R$ 110,452 bilhões

Isabel Sobral, da Agência Estado,

22 de novembro de 2007 | 15h00

A Previdência Social, administrada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), registra até outubro um déficit de R$ 38,985 bilhões. O resultado é 0,5% menor que o registrado em igual período de 2006, quanto totalizou R$ 39,162 bilhões. A arrecadação líquida até outubro está acumulada em R$ 110,452 bilhões e as despesas no mesmo período totalizam R$ 149,437 bilhões.  No mês passado, o déficit foi de R$ 2,694 bilhões, 15,5% menor do que o apurado em outubro de 2006 (quando somou R$ 3,188 bilhões), resultou de despesas de R$ 14,406 bilhões menos arrecadação líquida de R$ 11,711 bilhões, o melhor resultado da série histórica, iniciada em 1995.  Segundo o secretário de Previdência Social, Helmut Schwarzer, o que explica a melhoria crescente nas receitas da Previdência é o mercado de trabalho, que tem formalizado cada vez mais vagas, e a melhoria da gestão na recuperação de crédito. "A minha expectativa é que a arrecadação continue melhorando até o fim do ano, e possamos fechar com um déficit de R$ 44,4 bilhões", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Previdência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.