Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Déficit da Previdência cresce 3,4% no acumulado do ano

Saldo negativo soma R$ 24,228 bilhões até o mês de julho; arrecadação no período soma R$ 74,710 bilhões

ANNE WARTH, Agência Estado

28 de agosto de 2007 | 14h29

O déficit da Previdência Social brasileira acumula alta de 3,4% neste ano, somando R$ 24,228 bilhões até julho. No período, a arrecadação líquida somou R$ 74,710 bilhões, enquanto as despesas com benefícios ficaram em R$ 98,938 bilhões.  Considerando apenas o mês de julho, o déficit teve redução de 10,3% ante o mesmo mês de 2006, somando R$ 3,212 bilhões. A arrecadação líquida da Previdência no mês somou R$ 11,195 bilhões. Este valor inclui receitas correntes, recuperação de créditos, restituições de contribuições e transferências a terceiros.  As despesas, por sua vez, totalizaram R$ 14,407 bilhões, incluídas despesas pagas pelo INSS e sentenças judiciais da Justiça Federal e Estadual.

Tudo o que sabemos sobre:
Previdência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.