Déficit do orçamento de Portugal em 2011 atinge 4,2% do PIB

Já a dívida pública de Portugal ficou em 107,8% do PIB em 2011 e deve subir para 112,5% no próximo ano

Renan Carreira, da Agência Estado,

30 de março de 2012 | 13h20

O déficit do orçamento de Portugal em 2011 foi de 4,2% do Produto Interno Bruto (PIB), bem abaixo da meta de 5,9% imposta sob o resgate de € 78 bilhões para o país, graças a ganhos da transferência dos ativos de pensões dos bancos, informou nesta sexta-feira o instituto de estatísticas do país. O órgão também afirmou que a dívida pública ficou em 107,8% do PIB em 2011 e deve subir para 112,5% no próximo ano. Ela era de 93,3% do PIB em 2010.

O governo disse que o déficit de 2011 seria de cerca de 4% do PIB. Embora tenha cortado boa parte das despesas e aumentado a receita fiscal desde que tomou posse em junho no ano passado, o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, teve de decretar a transferência de fundos de pensões, pela qual obteve um pagamento adiantado em troca de assumir responsabilidades futuras.

Sem a medida, o déficit do orçamento seria de 7,7% do PIB, ainda abaixo dos 9,8% registrados em 2010, porém bem mais alto do que a meta. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.