Déficit do setor eletroeletrônico cresce 55%

O déficit na balança comercial do setor eletroeletrônico brasileiro cresceu aproximadamente 55% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2005, conforme dados ainda provisórios divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).Segundo a entidade, as exportações de janeiro a junho devem atingir US$ 4,3 bilhões, o que significa um crescimento de cerca de 15% em relação ao primeiro semestre do ano passado. Enquanto as importações devem chegar a US$ 9 bilhões, 32% a mais que 2005.Os celulares permanecem como o produto mais exportado pelo setor, somando cerca de US$ 1,3 bilhão, com um crescimento de aproximadamente 16% frente ao mesmo período de 2005. Os semicondutores lideram a lista dos mais importados, como um montante de US$ 1,7 bilhão, registrando crescimento de cerca de 28%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.