Déficit em conta corrente da zona do euro cai em outubro

O déficit em conta corrente da zona do euro (grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda) caiu para 4,6 bilhões de euros (US$ 6,6 bilhões) em outubro, de déficit de 5 bilhões de euros em setembro. Em base sazonalmente ajustada, as exportações subiram para 111,7 bilhões de euros em outubro, de 106,1 bilhões de euros em setembro, enquanto as importações avançaram para 103,4 bilhões de euros em outubro, de 102,3 bilhões de euros em setembro.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

18 de dezembro de 2009 | 08h19

Em consequência, o superávit comercial de bens subiu para 8,3 bilhões de euros em outubro, de 3,8 bilhões de euros em setembro. O superávit comercial em serviços na zona do euro também cresceu em outubro, para 2,6 bilhões de euros, de 2 bilhões de euros em setembro, enquanto o déficit nas remessas de lucros caiu para 2,2 bilhões de euros em outubro, de 4,4 bilhões de euros em setembro.

O déficit nas transferências, incluindo ajuda dos governos a países fora da zona do euro, subiu para 13,4 bilhões de euros em outubro, de 6,5 bilhões de euros em setembro. A zona do euro atraiu 19,2 bilhões de euros em investimentos no mercado de ações e de bônus em outubro, abaixo dos 53,5 bilhões em setembro. Os investimentos estrangeiros líquidos nos mercados de bônus na região totalizaram 57,1 bilhões de euros e no mercado da dívida somou 338,3 bilhões de euros. Ambos superaram o mesmo período de 2008. Houve saída líquida de 1,5 bilhão de euros nos investimentos diretos, depois de 26,2 bilhões de euros em setembro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
contas públicaszona do eurodéficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.