Déficit em conta corrente dos EUA fica abaixo do previsto

O déficit em conta corrente dos Estados Unidos caiu para US$ 127,5 bilhões no quarto trimestre de 2003, e ficou abaixo da previsão média de economistas consultados em pesquisa da Dow Jones-CNBC, de déficit de US$ 136 bilhões. O déficit em conta corrente no terceiro trimestre foi revisado pelo Departamento de Comércio dos Estados Unidos para US$ 135,3 bilhões, de um número inicialmente divulgado de US$ 135 bilhões. Em todo o ano de 2003, o déficit em conta corrente atingiu um nível recorde de US$ 541,8 bilhões, em comparaão o déficit de US$ 480,9 bilhões anunciado em 2002. Estoques das empresas Os estoques das empresas norte-americanas apresentaram crescimento de 0,1% em janeiro em comparação com dezembro, para um nível sazonalmente ajustado de US$ 1,194 trilhão, depois de terem registrado crescimento não revisado de 0,3% em dezembro. O dado de janeiro divulgado pelo Departamento de Comércio dos EUA foi menor que a estimativa média de analistas, que era de avanço de 0,3% dos estoques. As vendas das empresas expandiram 0,4% em janeiro, após terem avançado 1,4% no mês anterior. A razão entre estoques e vendas foi de 1,33, estável em comparação com dezembro. Essa razão mede quanto tempo em meses levaria para que uma empresa vendesse todo o seu estoque atual. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

12 Março 2004 | 11h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.