Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Déficit em conta corrente é o menor dos últimos meses de outubro

A conta corrente do balanço de pagamentos teve em outubro um déficit de US$ 34 milhões, segundo informou hoje o Departamento Econômico do Banco Central (Depec). O resultado é o primeiro déficit resgitrado depois dos dois superávits consecutivos da conta corrente obtidos em agosto (US$ 327 milhões) e setembro (US$ 1,221 bilhão). Em outubro do ano passado, a conta corrente registrou déficit de US$ 2,438 bilhões. No período de janeiro a outubro deste ano, a conta corrente apresenta um déficit acumulado de US$ 7,323 bilhões (1,93% do PIB), ante os US$ 19,878 bilhões (4,71% do PIB) do mesmo período do ano passado.O menor dos meses de outubro O déficit de US$ 34 milhões em transações correntes do balanço de pagamentos do Brasil é o menor para meses de outubro desde 1993, segundo informou, o chefe do Depec, Altamir Lopes. Em outubro de 1993, a conta de transações correntes foi superavitária em US$ 220 milhões. Segundo Altamir Lopes, o déficit em transações correntes acumulado em 12 meses até outubro, de US$ 10,658 bilhões, é o melhor desde março de 1995, quando registrou um saldo negativo de US$ 7,774 bilhões. O chefe do Depec considerou positivo o resultado de outubro, que superou todas as melhores expectativas do Banco Central. Segundo Altamir, o BC esperava um déficit em transações correntes em torno de US$ 400 milhões em outubro. "Mesmo com a pesada carga de juros em outubro, tivemos equilíbrio nas transações correntes", disse. Abril e outubro são os meses com maior carga de juros, devido ao pagamento de bradies e do Clube de Paris.

Agencia Estado,

26 de novembro de 2002 | 14h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.