Déficit em conta corrente na zona do euro fica estável em julho

O superávit no comércio de bens, porém, aumentou de € 2,5 bilhões para € 3,4 bilhões

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

17 de setembro de 2010 | 07h48

O déficit em conta corrente da zona do euro ficou inalterado em € 3,8 bilhões (US$ 4,98 bilhões) em julho, na comparação com o mês anterior, apesar do aumento do superávit no comércio de bens para € 3,4 bilhões, de € 2,5 bilhões, segundo o Banco Central Europeu (BCE).

No entanto, o crescimento do superávit no comércio de bens foi ofuscado pelo declínio do superávit no comércio de serviços em julho, para € 2,2 bilhões, de € 2,6 bilhões em junho. Além disso, o déficit no fluxo de renda aumentou para € 1,4 bilhão, de € 1,2 bilhão, enquanto o déficit na transferência corrente subiu para € 8 bilhões, de € 7,8 bilhões.

O BCE disse que houve uma saída líquida combinada de capital da zona do euro de € 26 bilhões em julho, uma alta acentuada na comparação com a saída líquida de capital de € 1 bilhão um mês antes.

Os investidores retiraram cerca de € 27,4 bilhões dos mercados de títulos da zona do euro, enquanto aumentaram suas compras de ações em € 2,4 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.