carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Déficit em conta corrente para 2011 está acima da média dos últimos 40 anos

Cálculos indicam que conta corrente do País encerrará o ano com um saldo negativo em torno de US$ 60 bilhões

Renato Andrade,

19 de maio de 2011 | 12h07

A estimativa de déficit nas transações correntes brasileiras para 2011 está "um pouco acima" da média registrada nos últimos 40 anos, segundo afirmou o diretor de Política Econômica do Banco Central, Carlos Hamilton Araújo, durante apresentação de relatório regional em Recife (PE).

Os cálculos do BC indicam que a conta corrente do País encerrará o ano com um saldo negativo em torno de US$ 60 bilhões, o equivalente a 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB). Entre 1970 e 2010, a média do déficit em transações correntes foi de 2,1%, segundo mostrou o diretor.

Hamilton destacou, entretanto, que esse resultado tem sido "quase integralmente ou integralmente" financiado pela entrada de investimentos estrangeiros diretos. "Especialmente para 2011, o fluxo de investimento estrangeiro direto estimado é de US$ 55 bilhões, grosso modo, financiando 90% do déficit projetado em conta corrente", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.