Déficit em conta corrente soma US$ 6,635 bi em maio

O déficit em transações correntes do País somou US$ 6,635 bilhões em maio, informou nesta terça-feira, 24, o Banco Central. É o pior resultado para o mês de maio da série do BC, que teve início em 1947. O resultado negativo apresentou uma queda de 19,8% em relação ao déficit de abril (US$ 8,282 bilhões) e ficou ligeiramente acima do registrado em maio de 2013 (US$ 6,356 bilhões).

ADRIANA FERNANDES E VICTOR MARTINS, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 10h56

O resultado de maio ficou dentro do intervalo previsto, segundo levantamento do AE Projeções, que apontava déficit entre US$ 8,200 bilhões e US$ 5,500 bilhões, e um pouco melhor que a mediana, de déficit US$ 6,700 bilhões.

De acordo com o BC, a conta de rendas ficou negativa em US$ 2,91 bilhões. A de serviços ficou negativa em US$ 4,507 bilhões.

No acumulado de janeiro a maio de 2014, o déficit em conta corrente soma US$ 40,074 bilhões, o equivalente a 4,26% do Produto Interno Bruto (PIB). No acumulado dos últimos 12 meses até maio, o saldo negativo subiu para US$ 81,854 bilhões, o que representa 3,61% do PIB. A estimativa do BC para o déficit em maio era de US$ 6 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BCsetor externomaio@estadaconteudo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.