Déficit fiscal dos EUA é muito alto e precisa ser reduzido, diz Geithner

Estimativa é que déficit orçamentário neste ano seja de US$ 1,65 trilhão, o maior da história do país 

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

28 de abril de 2011 | 18h08

O secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disse durante um discurso no Clube Econômico de Detroit que o déficit orçamentário norte-americano é muito grande e precisa ser reduzido.

A administração Obama estima que o déficit orçamentário dos EUA será equivalente a US$ 1,65 trilhão em 2011, ou o maior já registrado na história do país, depois te ter atingido US$ 1,29 trilhão em 2010. "Nossos déficits são muito altos", disse Geithner. "Eles não serão resolvidos pelo crescimento econômico futuro e, se não forem abordados, prejudicarão o crescimento econômico."

O secretário do Tesouro dos EUA disse também que o país precisa reduzir o déficit em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) por meio de cortes nos gastos públicos e de uma reforma tributária. "Temos uma chance de fazer isso agora porque há um amplo acordo entre republicanos e democratas sobre a escala de redução do déficit. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
euadéficit fiscal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.