Déficit pode passar de US$ 1,8 tri

O rombo no orçamento americano deve ser maior que o previsto no início do ano, informou ontem o Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos (CBO, na sigla em inglês). O déficit do período fiscal 2009 deve chegar a US$ 1,845 trilhão. Em janeiro, o valor calculado pelo escritório era de US$ 1,18 trilhão. A Casa Branca previa US$ 1,75 trilhão. O CBO também projeta um déficit federal de US$ 1,4 trilhão no ano fiscal de 2010 - previsão também acima das divulgadas antes pelo órgão e pela Casa Branca. O presidente Barack Obama admitiu ontem que os EUA estão seguindo por um caminho insustentável do ponto de vista fiscal. O déficit, reconheceu ele, pode comprometer o poder de compra dos americanos no futuro. "Há uma chance de deixarmos uma montanha tão grande de dívidas para a próxima geração que eles ficarão mais pobres no longo prazo, porque estamos precisando emprestar de outros países, pagar juros a outras nações e, com o tempo, o padrão de vida aqui será menor do que deveria ser", disse.

AGÊNCIAS INTERNACIONAIS, O Estadao de S.Paulo

21 de março de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.