Deflação de 0,05% nos primeiros dias do mês

A queda dos preços de produtos agrícolas no atacado levou a primeira prévia de fevereiro do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a mostrar deflação de 0,05%. A deflação foi determinada pela variação negativa do Índice de Preços por Atacado (IPA), que caiu 0,25%.Entre os índices que compõem o IGP-M, o IPA é o de maior peso, com 60%. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou alta de 0,30% e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) também registrou alta, com 0,16%. O preço das carnes em geral e das aves e ovos em particular puxaram a inflação dos produtos agrícolas no atacado para baixo, provocando queda de 1,59%. As aves vivas ficaram 7,69% mais baratas e as abatidas e congeladas tiveram redução de 6,50% nos preços. A queda nos preços dos ovos foi de 9,89%, segundo a FGV. Os preços dos suínos baixaram 5,38% e o das carnes bovinas, 0,49%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.