Delta Air Lines reverte prejuízo e lucra no 2º tri

Ganhos da companhia somaram US$ 467 mi no período, ante prejuízo de US$ 257 mi um ano antes

Reuters,

19 de julho de 2010 | 11h47

A Delta Air Lines, maior companhia aérea do mundo, reverteu prejuízo e fechou o segundo trimestre no azul, ajudada por recuperação no segmento corporativo e tráfego internacional.

A empresa disse que a economia em melhora deve contribuir para mais crescimento na receita.

O lucro líquido foi de US$ 467 milhões, ou 0,55 dólar por ação, ante um prejuízo de US$ 257 milhões, ou 0,31 dólar por ação, um ano antes.

A receita operacional cresceu 17%, para US$ 8,17 bilhões ante expectativa de US$ 8,25 bilhões, segundo analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S.

Espera-se que as companhias aéreas apresentem recuperação depois de reduzirem suas capacidades nos últimos dois anos com a demanda sofrendo durante a recessão.

Agora que a economia global está melhorando, com viagens de executivos retornando, as companhias aéreas devem ter aviões mais cheios e tarifas mais altas, afirmam analistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.