Delta Airlines tem prejuízo de US$ 6,4 bi no 1º trimestre

Alta nos preços dos combustíveis e diminuição do valor de mercado da empresa afetam balanço da aérea

Associated Press,

23 de abril de 2008 | 10h27

A Delta Air Lines, a terceira maior companhia aérea dos Estados Unidos, anunciou nesta quarta-feira, 23, que seu prejuízo aumento para US$ 6,4 bilhões no primeiro trimestre, devido à alta nos preços dos combustíveis e à diminuição do valor de mercado da empresa.  Os resultados ficaram muito abaixo dos esperados pelos analistas em Wall Street, que previam um aumento de 12% nas vendas. A empresa com sede em Atlanta divulgou que as perdas equivalem a US$ 16,15 por ação, frente aos US$ 130 milhões de perdas no primeiro trimestre do ano passado, quando estava em processo de falência. Excluindo-se itens extraordinários, principalmente uma perda de US$ 6,1 bilhões relacionada a uma queda no valor de mercado da Delta relacionada ao aumento no preço dos combustíveis, a companhia aérea teve prejuízo de US$ 274 milhões, ou US$ 0,69 por ação, no primeiro trimestre. 

Tudo o que sabemos sobre:
Lucro de EmpresasDelta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.