Demanda adicional deverá vir da China

A maior parte da oferta adicional de papéis vem da China, mercado que continua apresentando sinais positivos aos fabricantes de celulose. O diretor executivo da Fibria, Henri Philippe Van Keer, lembra que a prioridade do novo governo local é incentivar o consumo interno, e essa proposta teria sido bem recebida pelos clientes locais da Fibria. Ainda na China, outros fatores têm animado os fabricantes brasileiros de celulose. Um deles é a escassez cada vez maior de papéis reciclados. / A.M.

O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2012 | 02h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.