Demanda aérea doméstica cresce 11% em junho

Entre as empresas que apresentaram participação no mercado doméstico superior a 1%, Avianca e Trip tiveram as maiores taxas de crescimento 

Agência Estado,

31 de julho de 2012 | 15h24

A demanda doméstica do transporte aéreo de passageiros cresceu 11% em junho quando comparada com igual mês de 2011, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 31, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A demanda acumulada nos seis primeiros meses de 2012 apresentou crescimento de 7% em relação a igual período do ano passado.

Entre as empresas que apresentaram participação no mercado doméstico superior a 1%, Avianca e Trip tiveram as maiores taxas de crescimento da demanda, da ordem de 88% e 58,83%, respectivamente, em junho de 2012 em relação a junho de 2011, enquanto TAM registrou aumento de 9,47% e a Gol redução de 0,85% no mesmo período.

A oferta no mercado doméstico teve crescimento de 4,30% em junho deste ano em relação a igual mês de 2011. No acumulado dos primeiros seis meses do ano, o crescimento foi de 8,46% na comparação com o mesmo intervalo do ano passado. De acordo com a Anac, o resultado de junho de 2012 representou o maior nível de oferta e de demanda do transporte aéreo doméstico para o mês desde o início da série, em 2000.

A taxa de ocupação dos voos domésticos de passageiros foi de 72,63% em junho, ante 68,06% em junho de 2011. No acumulado dos primeiros seis meses de 2012, houve uma diminuição de 1% na taxa de ocupação quando comparada a igual período de 2011. As maiores taxas de ocupação em junho de 2012 foram alcançadas por Azul e Avianca, com 79,07% e 76,96%, respectivamente.

TAM e Gol lideraram o mercado doméstico em junho de 2012, com 41,05% e 33,12% de participação, respectivamente. No acumulado dos primeiros seis meses de 2012, a participação das duas empresas alcançou 39,67% e de 34,11%, respectivamente. A soma do market share das líderes em junho de 2012 (74,17%) registrou decréscimo em relação a igual mês de 2011, quando essas empresas juntas somavam 78,91% de participação.

Ainda conforme a Anac, a participação das empresas de menor porte no mercado doméstico cresceu no primeiro semestre de 2012, passando de 19,77% para 26,22%. Na comparação de junho de 2011 com junho de 2012, a participação dessas companhias foi de 21,09% para 25,83%. A participação da Azul aumentou de 8,56% para 10,17% e a da Avianca saltou de 2,95% para 4,98%.

Mercado internacional

A demanda do transporte aéreo internacional de passageiros cresceu 3,11% em junho em relação a junho do ano passado. A oferta registrou aumento de 1,01% no mesmo período. De janeiro a junho de 2012, a demanda registrou aumento de 1,15% e a oferta diminuiu 1,87% quando comparadas com igual período de 2011.

A TAM, com 90,37%, e a Gol, com 9,63%, representaram quase a totalidade da participação das empresas brasileiras no transporte aéreo internacional de passageiros em junho. A TAM registrou aumento na sua participação em relação a igual mês de 2011, da ordem de 2,88%, enquanto a Gol registrou avanço de 21,46% no mesmo período.

A taxa de ocupação dos voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras alcançou 79,27% em junho de 2012, em relação aos 77,66% de igual mês de 2011. O aproveitamento da TAM em junho de 2012 foi de 81,83%, enquanto o da Gol ficou em 61,32%.

Tudo o que sabemos sobre:
Anacdemandajunho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.