finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Demanda de empresas por crédito cai 5,4% em setembro

Segundo a Serasa Experian, na comparação com setembro de 2012, a procura das empresas por crédito cresceu 6,9% 

Denilson Azzoni, da Agência Estado,

16 de outubro de 2013 | 09h22

O Indicador de Demanda das Empresas por Crédito, divulgado nesta quarta-feira, 16, pela Serasa Experian, recuou 5,4% em setembro ante agosto. Foi a segunda queda mensal consecutiva - em agosto o indicador recuou 4,2%. Na comparação com setembro de 2012, a procura das empresas por crédito cresceu 6,9%. No ano, a variação acumulada passou de -4,0% (janeiro a agosto) para -3,0% (janeiro a setembro), em relação aos mesmos períodos do ano passado.

Em nota, os economistas da empresa ressaltam que as micro e pequenas empresas puxaram a queda em setembro e avaliam o resultado negativo do mês como um indicativo do enfraquecimento da atividade produtiva no terceiro trimestre, período "marcado por fortes oscilações da taxa de câmbio, elevações das taxas de juros e níveis de confiança empresariais menos expressivos".

Mesmo o resultado positivo na comparação interanual, salientam os economistas, deve ser encarado com ressalvas porque setembro deste ano teve dois dias úteis a mais que o mesmo mês de 2012 (21 contra 19). Entre as micro e pequenas empresas, a busca das empresas por crédito em setembro caiu 5,8%, mas subiu 0,1% entre as médias e teve alta de 1,3% entre as grandes empresas.

Tudo o que sabemos sobre:
créditoSerasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.