Demanda do consumidor por crédito cai 11,0% em abril, diz Serasa

Feriado de Páscoa e crédito mais caro inibiram os consumidores

Reuters

16 de maio de 2014 | 08h48

SÃO PAULO - A demanda dos consumidores por crédito no País caiu 11% em abril ante o mesmo mês do ano passado, devido à quantidade menor de dias úteis pelo feriado da Páscoa, que no ano passado ocorreu em março, informou nesta sexta-feira a Serasa Experian.

Segundo economistas da Serasa Experian, as sucessivas elevações do custo dos empréstimos, um menor grau de confiança dos consumidores e a aceleração da inflação vêm desestimulando consumidores a buscar crédito.

Na análise por faixas de renda, a maior queda na procura por crédito em abril, de 28,4%, ocorreu na faixa de renda mais baixa, de consumidores com rendimento de até R$ 500 mensais.

Na faixa de renda de R$ 500 a R$ 1 mil por mês, a queda foi de 11% por cento, enquanto nas faixas de R$ 1 mil a R$ 2 mil e de R$ 2 mil a R$ 5 mil houve recuo de 5,1% e 11,1%, respectivamente.

Entre aqueles que ganham R$ 5 mil a R$ 10 por mês, a queda foi de 16,6% no primeiro trimestre, e na faixa de renda mais alta, acima de R$ 10 mil, a procura recuou 16,9%, segundo a Serasa.

Por regiões, a queda da procura por crédito em abril foi mais expressiva nas regiões Norte e Nordeste, com um recuo de 14,5% nas duas regiões. A região Centro-Oeste viu uma queda de 11,5% na busca por crédito, e Sudeste houve recuo de 9,8%, seguido por quedas de 9,4% Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSERASACREDITOCONSUMIDOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.