Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Demanda por gasolina cresce 23,2% até novembro, afirma diretor da Petrobrás

Expectativa é que as importações do combustível sejam maiores no ano que vem

Sabrina Valle, da Agência Estado,

20 de dezembro de 2011 | 12h42

RIO - A demanda por gasolina cresceu 23,2% neste ano, com dados atualizados até novembro, afirmou o diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, em café da manhã com jornalistas. No ano passado, o crescimento havia sido de 18%, na comparação com 2009.

Segundo ele, "possivelmente as importações de gasolina serão maiores em 2012", devido à baixa oferta de etanol que deve se manter no ano que vem. Querosene de aviação (QAV) e diesel também podem ter volumes maiores de importação, disse.

O diretor da Petribrás afirmou que, em dezembro, as importações de gasolina já somam 100 mil barris por dia. No fim do ano, a demanda aumenta tradicionalmente com o período de férias e transporte de safra. Costa também previu uma demanda de derivados maior que o PIB em 2012.

A expansão de demanda de derivados líquidos está em 8% até novembro, disse, ressaltando que o número é mais do que o dobro do crescimento estimado pelo governo para o Produto Interno Bruto (PIB), entre 3% e 3,5%. NO ano passado, para um PIB de 7,5%, a elevação de derivados aumentou 10%, compara.

O consumo de querosene de aviação (QAV) até novembro registrou alta de 11,4%, e o de diesel, de 9,3%. Os dados fechados do ano devem sair em 2 ou 3 de janeiro.

Para 2012, a previsão é que a demanda continuará forte. Em termos de refino, a companhia deve fechar o ano com entre 80 mil a 100 mil barris a mais do que no ano passado.

Segundo Costa, a demanda do mercado brasileiro foi "espetacular" em 2011 e um bom cenário deve se repetir em 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.