carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Demanda por petróleo cairá em 2009 com recessão, diz Opep

Organização dos países exportadores prevê 'enorme declínio' na demanda de nações indutrializadas com a crise

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

16 de dezembro de 2008 | 12h11

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) previu nesta terça-feira, 16, que a demanda global de petróleo irá diminuir em 2009, derrubada pela "enorme declínio" na demanda das nações industrializadas. "As economias em deterioração dos países da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) devem reduzir a demanda total por petróleo no mundo em 0,15 milhão de barris por dia ou 0,2% em 2009, para uma média de 85,7 milhões de barris por dia", disse a Opep em seu relatório mensal sobre o mercado de petróleo. Veja também: O caminho até o pré-sal Mapa da exploração de petróleo e gásPetroleiros param contra licitações  O grupo produtor estima que a demanda nos membros da OCDE atingidos pela recessão irá cair a uma média de 1,3 milhão de barris por dia no primeiro semestre de 2009, comparado ao mesmo período deste ano. "O crescente desequilíbrio no mercado de petróleo nos próximos trimestres levará a uma projeção muito maior nos estoques, se a recessão global se aprofundar", relatou a Opep. "Isso representa um desafio real para todos os participantes do mercado" e será o foco das discussões do encontro da Opep na Argélia, amanhã, completou o cartel. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.