Demanda por sucata brasileira cai em abril

As exportações brasileiras de sucata de ferro e aço tiveram queda em abril, de 11% ante março, para 32,5 mil toneladas. A receita também caiu, 4%, para US$ 14,5 milhões, conforme dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

AE, Agencia Estado

22 de maio de 2014 | 15h48

Segundo o Instituto Nacional das Empresas de Sucata Ferro e de Aço (Inesfa), é o segundo mês seguido de queda nas exportações, em parte devido ao excesso de oferta de aço no mercado mundial, com consequente redução na demanda pelas usinas. Mas a tendência é retomar o crescimento das exportações até a primeira metade do ano.

Em março, foram vendidas ao exterior 36,5 mil toneladas, menor que as 53 mil toneladas exportadas em fevereiro. No acumulado do ano até abril, as exportações caíram para 163,2 mil toneladas, 9,5% a menos que as 180,3 mil t do mesmo período de 2013. O Brasil exporta 3,5% do volume da sucata consumida no mercado interno. A participação da sucata na produção de aço bruto no Brasil oscila entre 26% e 28%, abaixo da média mundial, aponta o Inesfa, citando como comparação o porcentual de 45% de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
sucataexteriorcomércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.