Demanda por voos internacionais cai 3,43% ante agosto de 2008

No acumulado do ano, queda no fluxo de passageiros atinge 6% relativamente ao mesmo período do ano passado

Michelly Teixeira e Beth Moreira, da Agência Estado,

14 de setembro de 2009 | 14h27

Dados divulgados nesta segunda-feira, 14, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) mostram que a demanda por voos internacionais caiu 3,43% em agosto, comparativamente a igual intervalo de 2008. No acumulado do ano, a queda no fluxo de passageiros atingiu 6% relativamente ao período janeiro-agosto de 2008.

 

A oferta de assentos para o exterior no mês passado subiu 6,10% em agosto. Porém, a taxa de ocupação ficou em 68,93%, abaixo dos 75,74% registrados em período correspondente do ano passado. No acumulado do ano, a taxa de ocupação em voos para fora do País atingiu 67,38%, inferior à marca de 70,66% acusada entre janeiro e agosto de 2008. No intervalo, a oferta de assentos neste segmento caiu 1,43%.

 

Nos voos destinados a outros países, a TAM lidera com 89,41% em agosto, contra 73,92% um ano antes. A GOL/Varig, por sua vez, ficou com 10,44% do mercado, abaixo dos 25,65% de presença que detinha em agosto de 2008.

 

Demanda no mercado interno em agosto sobe 21,55%

 

As companhias aéreas brasileiras registraram crescimento de 21,55% no fluxo de passageiros transportados no País em agosto, comparativamente ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados há pouco pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No acumulado do ano, a alta é de 8,29%, comparativamente a janeiro-agosto de 2008.

 

No mês passado, a oferta de assentos indicou expansão de 20,15%, também no confronto com igual intervalo de 2008. Pelos dados da Anac, a taxa média de ocupação dos aviões ficou em 62,64%, o que representa um aumento de 0,73 ponto porcentual ante a taxa de 61,91% exibida em agosto do ano passado.

 

A TAM respondeu em agosto por 43,80% do mercado, abaixo dos 54,18% indicados um ano antes. O grupo GOL/Varig, por sua vez, registrou uma participação de 40,92% do mercado, superior aos 38,57% acusados em agosto de 2008. A Azul Linhas Aéreas aparece com 5% do mercado, seguida da Webjet, com 4,98%.

Tudo o que sabemos sobre:
voos internacionaisAnacagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.