Demanda por voos sobe 38,37% em novembro, diz Anac

Taxa de ocupação dos voos domésticos ficou em 70,77%, um aumento de mais de 8 pontos porcentuais

Michelly Chaves Teixeira, Agencia Estado

09 de dezembro de 2009 | 12h02

As companhias aéreas brasileiras registraram crescimento de 38,37% no fluxo de passageiros transportados no País em novembro de 2009 em relação ao mesmo mês em 2008, segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 9, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A taxa média de ocupação dos aviões nos voos domésticos no mês passado ficou em 70,77%, o que representa um aumento de 8,29 pontos porcentuais ante a taxa de 62,48% exibida em novembro do ano passado.

 

A TAM respondeu em novembro por 43,93% do mercado, abaixo dos 51,70% de um ano antes. Mas sua taxa de ocupação ficou em 68,32%, maior que os 65,76% de novembro de 2008.

O grupo Gol/Varig, por sua vez, registrou uma participação de 42,25% do mercado, superior aos 40,05% de novembro de 2008. A taxa de ocupação, de 72,49%, superou em 14,3 pontos porcentuais o resultado de um ano antes. A WebJet aparece com 4,56% do mercado (ante 3,67% em novembro de 2008) e taxa de ocupação de 69,91% em novembro, seguida pela Azul Linhas Aéreas, com 4,31% do mercado e ocupação de 85,42% no mês passado.

 

Voos internacionais

A Anac mostrou ainda que a demanda por voos internacionais operados por companhias brasileiras cresceu 12,05% em novembro de 2009, comparativamente a igual mês de 2008. A taxa de ocupação no mês passado, da ordem de 72,20%, superou os 65,78% registrados em período correspondente do ano passado.

 

Nos voos destinados a outros países, a TAM liderou no mês passado com 85,41% do mercado, ante 84,68% um ano antes. A Gol/Varig, por sua vez, ficou com 14,59% deste segmento no período, taxa ligeiramente inferior à fatia de 14,92% detida em novembro de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
aviaçãoAnacdemanda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.