Demissões foram pontuais, diz Unibanco

O Unibanco divulgou nota esclarecendo que as demissões ocorridas na instituição e denunciadas pelo sindicato da categoria "foram pontuais e decorrentes do processo de otimização e/ou rotatividade de algumas áreas". A nota destaca que o conglomerado contratou, de janeiro a novembro deste ano, 3,5 mil empregados, dos quais 2,4 mil no Unibanco. Veja a íntegra do comunicado:"Em relação às informações divulgadas hoje pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, esclarecemos:Os desligamentos ocorridos foram pontuais e decorrentes do processo de otimização e/ou rotatividade de algumas áreas;Cabe destacar que, entre janeiro e novembro deste ano, foram contratados 3.500 empregados pelo conglomerado, dos quais 2.400 somente pelo Unibanco. Para os próximos anos prevê-se um crescimento neste volume de contratações devido ao programa de crescimento orgânico;Esses números comprovam que o conglomerado, que hoje emprega mais de 27 mil pessoas, está em expansão e deverá, nos próximos anos, manter a sua política de contratação.Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A "

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.