Depois de boas notícias, o dólar cai

O mercado teve, desde a tarde de ontem, uma série importante de notícias positivas. O acordo com o FMI deve sair em 10 dias, segundo o ministro Palocci. O Federal Reserve não só manteve o juro dos EUA em 1%, como também sinalizou que essa estabilidade permanecerá por um "período considerável". A produção industrial de São Paulo cresceu 6% em setembro, o melhor resultado para este mês desde o 1994. As notícias sobre novas captações externas continuam. O dólar abriu em queda de 0,21%, cotado a R$ 2,854. Às 10h31, caía 0,10%, cotado a R$ 2,857. Veja a cotação do dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.