Depois de dia de muito nervosismo, dólar abre em queda

Depois da forte tensão de ontem, que os próprios analistas do mercado consideraram exagerada, o dólar abriu em queda, e em queda de forte, de 1,14%, cotado a R$ 3,035. Instantes depois da abertura, às 9h52, a queda se reduziu um pouco, para 0,98%, com a moeda americana cotada a R$ 3,04. Os operadores ouvidos pela Agência Estado ressaltam, no entanto, que o mercado está sensível e o nervosismo pode ser retomado no decorrer do período, acompanhando o noticiário político e de reformas, os movimentos do Banco Central sobre a rolagem e o fluxo de recursos.No final do dia, o Banco Central deve anunciar o leilão para rolagem da dívida cambial que vence no próximo dia 14, num total de US$ 1,3 bilhão. Como é de praxe, o BC deve consultar as mesas de operações para avaliar a demanda dos investidores. Clique aqui para acompanhar a cotação do dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.