Reuters
Reuters

Depois de fortes ganhos, Bitcoin cai 20% em 10 horas

Com a queda, outras moedas virtuais subiram; na semana, o Bitcoin ainda acumula alta de cerca de 33%

Reuters

08 Dezembro 2017 | 16h45

A moeda virtual Bitcoin perdeu quase um quinto do seu valor em apenas 10 horas durante esta sexta-feira, 8, depois de subir mais de 40% nas 48 horas anteriores, provocando preocupações de que o mercado pode estar caminhando para um colapso de preços.

Em um dia agitado na quinta-feira, 7, o Bitcoin saltou de menos US$ de 16 mil para US$ 19,5 mil em menos de uma hora na GDAX, uma das maiores bolsas globais com sede em Nova York, enquanto ainda estava mudando de mãos a cerca de US$ 15,9 mil na Bitstamp, com sede em Luxemburgo.

Depos de subir para US$ 16.666 na Bitstamp em torno da meia noite (horário de Brasília), a moeda caiu para US$ 13.482 por volta das 10h00 da manhã desta sexta-feira – queda de mais de 19%.

++ Após divisão do Bitcoin, mercado de moedas virtuais vive dúvida

Por volta das 11h20, o Bitcoin se recuperou para cerca de US$ 14.400, ainda 13% abaixo da máxima do dia.

“Esta correção é apropriada após uma negociação tão frenética”, disse Nigel Green, fundador e diretor-executivo da consultoria financeira deVere Group, em nota aos clientes.

++ Bitcoin se valoriza, mas requer cautela

Com a queda, outras moedas virtuais subiram. A criptomoeda Ethereum, a segundo maior, aumentou subia 6% às 11h20 (no horário de Brasília), de acordo com o site de comércio Coinmarketcap.

Na semana, o Bitcoin ainda acumula alta de cerca de 33%. Desde o início de outubro, ele mais que triplicou de preço – desempenho trimestral mais forte desde 2013. E desde o início do ano, aumentou cerca de 15 vezes – uma valorização que gerou preocupações crescentes de que a bolha possa estourar de forma dramática.

Mais conteúdo sobre:
Bitcoin [moeda virtual]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.