Depois de série de quedas, algodão reage

Os contratos futuros de algodão com vencimento em julho tiveram ontem forte alta, de 3,54%, na bolsa ICE Futures U.S.. O ativo havia se desvalorizado seguidamente nos quatro pregões anteriores. Na quinta-feira, porém, ordens automáticas de compra, aquisições por parte de empresas do setor e a necessidade de cobertura de posições contribuíram para que as cotações voltassem a subir. Agora, o mercado volta suas atenções para a estimativa de área plantada nos EUA, a ser divulgada no dia 30 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.