Depois de sete dias em queda, dólar fecha em alta de 1,02%

Uma combinação negativa de queda das bolsas em Nova York, alta do petróleo e boatos no mercado norte-americano prejudicaram o mercado brasileiro nesta terça-feira. Após sete dias consecutivos em queda, o dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,4740 na ponta de venda das operações, em alta de 1,02%. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 2,76%.Antes do nervosismo ganhar espaço, o Brasil aproveitou a janela de oportunidade da manhã e reabriu a emissão do Global 2019 para captar US$ 500 milhões. O título, com prêmio em juros de 8,875% ao ano, foi emitido com spread (diferença entre as taxas dos papéis brasileiros e os títulos norte-americanos) de 458 pontos-base. Ou seja, os prêmios dos títulos do Brasil ficam 4,58 pontos porcentuais acima dos juros dos títulos norte-americano, por conta do risco que apresentam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.